A indústria láctea do sul do Chile tem um forte potencial de desenvolvimento futuro, um cenário onde o capital humano, além da incorporação da mais moderna tecnologia e a adopção das melhores práticas internacionais, é fundamental.

Como resposta a esse desafio, no final de 2016 Prolesur e Fonterra implementaram o “Programa de Intercâmbio para jovens agrícolas relacionados à indústria láctea”, através do qual tenta-se incentivar a prática e aquisição de conhecimentos, experiências e tecnologias relacionadas à indústria, em talentos jovens de entre 18 e 35 anos, das regiões de Los Lagos, Los Ríos e La Araucanía.

Durante um ano, os jovens escolhidos vão viver e trabalhar, de forma remunerada, em estabelecimentos leiteiros da Nova Zelândia, líder mundial na exportação de produtos lácteos, onde poderão realizar atividades de ordenha, assistência em assuntos de saúde e bem-estar animal, gerenciamento de prados, manutenção de máquinas, entre outras tarefas agrícolas.

Trata-se de uma oportunidade única para aprender e crescer pessoal e profissionalmente e, uma vez acabado o programa, voltarão ao Chile com toda a experiência adquirida para contribuir ao desenvolvimento da economia do sul do país.